Você conhece o Bosque da Casa Gomm?


Timidamente localizado aos fundos do Pátio Batel – shopping de alto luxo inaugurado na capital; o Bosque da Casa Gomm é um espaço aconchegante, simples e muito convidativo em meio a um dos bairros mais nobres de Curitiba. E, por isso, uma relação de carinho e proteção foi consolidada pelos adeptos do local, que hoje lutam para que ele seja preservado. 

Fatos históricos fazem do parque um lugar especial. Em 1913, os ingleses da família Gomm instalaram-se na capital paranaense em um casarão que abrigava festas, jantares e reuniões diplomáticas. A casa, que ligava Curitiba ao resto do mundo, se impõe pela arquitetura diferenciada e está de pé até hoje. Foi tombada como patrimônio histórico em 1980, restaurada e reinaugurada em 2004. Recentemente, teve de ser realocada para os fundos do bosque, já que boa parte do seu terreno foi perdido para a construção do shopping Pátio Batel. O próximo plano seria a construção de uma rua que passaria por onde hoje é o parque, comprometendo o pouco que restou de mata nativa e patrimônio histórico na região. 

 

A luta para evitar a construção da rua ganhou diversos adeptos e o movimento “Salvemos o Bosque da Casa Gomm”, criado em 1993, busca até hoje a oficialização do Gomm como Parque da cidade. O espaço foi tomado por arte, cultura e gente do bem. As flores, plantadas pela turma da Casa da Videira, estão sempre lindas, assim como a horta comunitária mantida por lá. Pelos muros, muito grafite para dar vida ao cinza que cerca o parque. Há também uma mini biblioteca, onde qualquer um pode emprestar livros para ler, e aulas de Tai Chi são oferecidas à comunidade gratuitamente por Elli Nowatzki.

 

 

Sabemos a força que as ocupações de espaços públicos têm, e torcemos para que ela seja a chave para trazer um final feliz ao Gomm. Um espaço que é de todos nós e merece ser preservado. 

 

Nos vemos por lá!

 

Previous Street of styles: Mais cores em Curitiba
Next Algo que você já sabe e/ou talvez não

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *