Daqui

PELE: marca renova o conceito easychic com curadoria contemporânea

30 de agosto de 2018 - 12h54
Por Even More

Com a licença de Almodóvar, na pele em que habitamos há vários de nós. E por não podermos trocar, escolhemos a roupa: que colore, que disforma e transforma. Nesse pensamento e buscando uma curadoria de estética mais easychic, Camila Machado e Gabriela Fredrizzi se uniram para criar a PELE.   

Uma reinauguração marcada para a próxima quarta (5), marca mais um passo na empresa criada pelas amigas que querem oferecer escolhas simples a preços justos. Com showroom reformado e chegada da marca de lingerie, Moi, para dividir espaço; a PELE receberá convidados a partir das 18h para conhecer o novo espaço.

Que tipo de PELE?

Nascida em Curitiba há pouco mais de um ano, a multimarca surge do desejo de oferecer o que parece óbvio, mas não é. “É uma roupa básica, mas que você não encontra facilmente. Parece fácil de achar uma calça lisa de linho, mas se você encontra ou é ruim ou caríssima”, conta Camila. Percebendo a carência do mercado local no consumo deste tipo de roupa, elas aproveitaram o momento de descontentamento profissional e baixa de mercado para iniciar a curadoria. A ideia de seguir o caminho de multimarcas era justamente trazer maior acessibilidade em relação aos preços e diversidade de produtos.

foto reprodução | Camila Machado e Gabriela Fredrizzi

As compras são pensadas mais em peças do que em marcas. Com etiquetas de São Paulo, as sócias já pensam em expandir as compras para Rio de Janeiro e Minas Gerais, mantendo sempre a busca por produtos brasileiros. “O que levamos em conta é uma modelagem legal, um tecido durável e uma peça que não vá sair de moda. Que seja atemporal, que você não use só em uma estação”, revelam.

As vendas

“Começamos vendendo para amigas e então fizemos o insta (@sou.pele), e nos surpreendemos como deu retorno”, explica Camila. Com cuidado estético desde o início, hoje elas garantem que as redes sociais funcionam bem como uma vitrine, mas as vendas em si são focadas em malas consignadas enviadas pessoalmente para as clientes.

Para criar maior proximidade e incentivar um consumo inteligente, elas preferem o modelo já bem tradicional de negócio do contato direto com o consumidor. “A ideia é que você compre porque aquilo é algo que vai coordenar com seu guarda-roupa”, diz Gabriela; e para isso, nada melhor do que experimentar em casa.

Com a reforma do showroom o movimento para receber pessoas no novo espaço com horário marcado também pretende aumentar. Do nome PELE, e da própria comunicação, elas retiram a essência do empreendimento: oferecer produtos que traduzam o vestir contemporâneo e o sentir-se bem tanto quanto como se estivesse em sua própria pele.

Confira o novíssimo editorial fotografado para a marca, clicado por @muryelgms:

 

REINAUGURAÇÃO PELE
05 de setembro
a partir das 18h
Ed. Carmen – Brigadeiro Franco, 1193, Mercês

 

Comentários

 
|