tosebrae_capa_idfashion.jpg

TOP SEBRAE // IDFASHION 2017

Foto ID Fashion   Carmela Scarpi   A última apresentação da categoria TOP SEBRAE trouxe à passarela marcas que mostram o desenvolvimento do design no Estado. Marli Puertas convida a uma visita pela brasilidade com peças trabalhadas manualmente, Taquion desenvolve o mesmo tema em suas estampas sobre flora e fauna na moda praia, Dona Fina traz o esportivo chic para mulheres reais e Manhood explora as novas possibilidades estét

jacu_capa_idfashion.jpg

JACU // IDFASHION 2017

Foto ID Fashion    Carmela Scarpi   A hiperconectividade que nos afeta e nos afasta. Na passarela, essa história é contada por meio de modelos fluidos que progridem para mais estruturados, enrijecidos pela necessidade do ego. Nos recortes inovadores, a marca revela um jogo de estampas e tecido lisos, as calças coloridas já tradicionais ganham novos ares ao sair do denim e o discurso de amor é revelado pelas cores do arco-íri

veine_capa_idfashion.jpg

VEINE // IDFASHION 2017

Foto ID Fashion    Carmela Scarpi   Uma coleção que fala sobre a dissolução de tramas sociais, de trato entre pessoas. Uma progressão que inicia sóbria, perpassa o conceito e chega às estampas que referem à natureza. Topografias, forte tendência na arte contemporânea, ganham vida na estamparia de peças que transitam entre o casual e o beachwear, antigo desejo de produção da marca.   Fotos IDFASHION   [GALLERY ID

reptilial_capa_idfashion.jpg

REPTILIA // IDFASHION 2017

Foto ID Fashion   Carmela Scarpi   Os fardos que carregamos nos aproximam do chão e nos tornam reais. As máximas da leveza e do peso se transformam em referências não visuais para Heloisa Strobel. A identidade de marca continua muito presente em peças totalmente inovadoras na história da Reptilia. Franjas migram para acessórios e os tons pastéis colorem a passarela em rosa, azul e verde. Um desfile leve, em si, que traz o pe

hal_capa_idfashion.jpg

H-AL // IDFASHION 2017

Foto ID Fashion    Carmela Scarpi   Sempre provocativo, o desfile da H-AL foi um convite. A olhar para si, em busca de autoconhecimento, para então colocar para fora o que se sente. A ?poesia desilusória? chega à passarela como palavra bordada em vestidos que costuram a apresentação com a fluidez das sedas cedidas pelo atelier Harriete Scarpi. Com uma apresentação sinestésica, como não poderia deixar de ser, H-AL envolve o e

newsletter >
Scroll to top