LabModa chega à 10a. edição com moda, música e empreendedorismo


Plataforma multicriativa traz os conceitos de Identidade, Qualidade e Sustentabilidade; grandes atrações musicais e talks estão na programação.

A temporada 2019 do LABModa movimenta o Pátio Batel entre dias 25 de junho a 14 de julho, com uma efervescente mistura de moda, música, cultura e intercâmbio de experiências criativas. A estrutura do evento será montada no estacionamento do shopping  – piso S1 – num ambiente com cenografia do arquiteto e designer Felipe Guerra, que assinou a primeira edição do LABModa no Pátio Batel em 2015. Serão dez marcas de roupas e seis de acessórios em cada uma das duas temporadas – 25 de junho a 5 de julho e 6 a 14 de julho.

Leia mais: 9 marcas para quem gosta da estética orgânica

A marca LABModa, que completa 8 anos, evoluiu para um formato que passeia entre o consumo consciente, a arte e o entretenimento. Este ano, o evento explora os conceitos de Identidade, Qualidade e Sustentabilidade. “Somos uma plataforma para lançamento de ideias, troca de conhecimento e experiências para o público. O nosso principal objetivo é valorizar as marcas participantes, a fim de estimular a economia local e o consumo consciente. Tudo isto embalado em um clima de festa, como pede um evento de moda”, afirma Rafael Perry, diretor do LabModa.

ilustração 3D – estrutura LABModa

O formato corners para exposição e venda + área de convivência ganhará uma extensa passarela para desfile coletivo e performances das marcas participantes. Talks com convidados para compartilhamento de perspectivas no cenário da economia criativa também estão na programação. Como já é tradição, a ideia é que todos os dias os visitantes do LABModa sejam surpreendidos, seja com performances musicais, desfiles ou conteúdos relacionados à moda.

A moda local

Para a curadora de moda do LAB 2019, a designer Aline Bussi, representante local do Fashion Revolution, o cenário fashion em Curitiba está em constante evolução. “Encontramos desde o ateliê de moda festa, que mantém o trabalho sob medida tradicional, até marcas que estão introduzindo tecnologia em seus produtos e em modelos de negócios. Muitas surgiram por iniciativa de empreendedores que vieram de outras áreas e que sentiram necessidade de se aventurar e desenvolver um produto, um acessório ou coleção de vestuário. Eles encontraram seu nicho de mercado e estão escrevendo trajetórias interessantes”, diz.

Para a escolha dos participantes, criatividade e originalidade foram prioridades na seleção, e também itens fundamentais para assegurar a veracidade de confecção dos produtos. Foram selecionadas marcas que apresentam identidade forte e trabalham com diferentes técnicas e outras que desenvolvem produtos com qualidade, e em outro ritmo, para um mercado mais amplo. “O objetivo do mix final é também refletir o potencial produtivo do cenário local, e proporcionar a troca de experiências e conhecimentos entre as marcas”, complementa Aline.

O ambiente

Uma atmosfera criativa e envolvente vai receber os convidados a partir do dia 25 de junho. Desta vez, o cenógrafo Felipe Guerra deu um tom invernal e interativo ao projeto, com a ajuda do premiado iluminador Beto Bruel. A estética de prismas e cristais que brotam do piso e do teto, uma grande instalação, uma extensa passarela que se transforma em arquibancada e a projeção da aurora boreal vão dar o clima para a exposição das marcas e toda a programação de eventos deste LABModa.

Música autoral

Nesta edição, o LABModa reservou especial atenção para as atrações musicais. Seguindo a linha do autoral, os produtores culturais Isadora Flores e Rodrigo Chavez optaram por um line up que correspondesse ao conceito do Lab e que evidenciasse os artistas pela musicalidade, estilo e autenticidade. Neste verdadeiro “festival de música”, há lançamentos como “Entremundos”, da Nomade Orquestra, o projeto “Buena Onda Social Dub”, além do show da cantora de jazz francesa Camille Bertault, acompanhada de Nelson Faria, entre outras atrações imperdíveis. “A gente quis surpreender e levar ao LABModa tudo que o ele merece, que é boa música”, define Isadora.

reprodução (Nomade Orquestra)

Programação Musical

25 de junho: Bananeira Brass Brand
27 de junho: Camile Bertault
28 de junho: Rosie Mankato
30 de junho: Janine Mathias e Morenno Mongelo
3 de julho: Tuyo
5 de julho: Marrakesh
10 de julho: Nomade Orquestra
12 de julho: Glue Trip
14 de julho: Buena Onda Social Dub

Designers

1.a Temporada: Felícia Pretto – Estudio 363 – Transmuta – Thalassa Reis – Luciana Schobiner – Ana Silvia – ConBase Siviero – Marcelo Carraro – Empatize – Iago Brand – Ritzdorf – Sassi – VLuxo – Sueli Zavadinak – Sig Roeder – Marcia Campetti

2.a Temporada: HAL – Ana Silvia – La Luz  – Nogara – Yski – Baubô Brand – Transmuta – Amarillo – Etks – Oxyfit – Ritzdorf – Sassi  – Sueli Zavadinak  – PineAX  – Renata Romanó  – Luciá Consalter – Estúdio Lenha

Previous Lavô Tá Novo, um dos maiores brechós da cidade muda de endereço para expansão
Next Independência financeira de mulheres pode estar no mercado de Moda

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *