Daqui

[EM]TREVISTA: Desafio Moda Autoral – REIS VESTUÁRIO

22 de julho de 2019 - 12h01
Por Even More

Durante o último mês, a 10ª edição do LabModa movimentou as atividades do Pátio Batel. O Desafio Moda Autoral encerrou a programação destacando quatro marcas que participavam do evento para se ficar de olho. Dentre os jurados estava a jornalista de moda Lilian Pacce.

A iniciativa ofereceu como prêmio uma permanência de 15 dias (até o final dessa semana) na loja Gallerist do shopping. Conversamos com cada um dos ganhadores para trazer uma visão fresca sobre o mercado em 2019, desafios da cidade e perspectivas. Há três anos Mateus e Mayara estão no mercado à frente da REIS Vestuário – uma das vencedoras do prêmio.

Even More: O Lab Moda foi a primeira experiência de contato mais prolongado com o público? Em formato loja?

Reis: Já havíamos participado de outros eventos curtos, geralmente com duração de dois a três dias, o Lab Moda foi a experiência mais longa que tivemos.

EM: Como foi a recepção do púbico à marca nesses 20 dias?

R: nos surpreendemos bastante com a reação de todas as pessoas que conhecemos e tivemos a oportunidade de trocar experiências e conhecimentos. A REIS foi muito elogiada em vários aspectos, como coleção, consistência de marca, identidade visual e até mesmo pelo storytelling da marca (nós somos casados, estamos juntos desde os 11 anos e criamos a marca juntos, nossa história surpreendeu e encantou diversas pessoas).

EM: Quais as expectativas para a temporada de vendas em uma loja física dentro do shopping?

R: As melhores expectativas possíveis, é uma honra nossa marca estar em uma loja conceituada como a Gallerist que fica em um shopping super conceituado também. Além da oportunidade de vender a REIS também é maravilhoso compartilhar nossas criações ao lado de marcas incríveis que vendem lá.

EM: Houve algum direcionamento específico por parte dos jurados?

R: A oportunidade de apresentar a REIS para a Lilian [Pacce] e os demais jurados foi ótimo para fortalecer nosso sonho e nos mostrar que estamos no caminho certo. Todas as palavras e conselhos foram muito bons, acrescentou muito para nossa carreira. Mas, a palavra que eles nos disseram que mais nos chamou atenção foi o conselho de que não devemos perder a essência da marca com o crescimento, que nada consiga desconstruir a nossa arte.

EM: Qual, para vocês, foi o diferencial para a marca ter sido selecionada?

R: Todas as marcas do Lab Moda são incríveis dentro do seu conceito e proposta, nos sentimos muito honrados pelo destaque de sermos escolhidos.  Algumas das coisas que nos disseram, foi sobre o modelo de negócio que a marca tem, o conceito do ser atemporal e minimalista aliado a proposta comercial que apresentamos; mas o que mais chamou atenção neles foi a história da REIS.

EM: Parafraseando o nome do concurso, o que para vocês é o maior desafio de ser autoral no mercado hoje? E quais estratégias usam para driblar isso?

R: Acreditamos que desafios toda forma de negócio tem, sendo autoral ou não. Existem diversas dificuldades por ainda ser um mercado com pouco espaço e muitas vezes não existem portas abertas. Mas, ficamos felizes em ver que o mercado está se abrindo cada vez mais para a moda autoral, nossos clientes gostam de saber que estão consumindo um produto com diferencial e exclusividade. Nós “driblamos” as dificuldades justamente incentivando a produção local e oferecendo ao cliente um produto único.

EM: Quais os planos para o futuro próximo da REIS?

R: Esperamos que a marca cresça e que possamos consolidar a REIS aqui em Curitiba para então estudar a possibilidade de levá-la a outras cidades do Brasil; existem planos de termos uma loja física, estamos estudando o mercado e vendo as melhores estratégias para posicionar a marca. Acreditamos que todas as coisas acontecem no tempo certo.

Comentários

 
|