capa_evenmore_kids.jpg

3 formas de manter hábitos de leitura co

No embalo do dia das crianças, queríamos fazer uma coluna de livros especial para os pequenos e os pais que se preocupam em incentivar a leitura dentro de casa.   Sabemos que a escola tem um papel fundamental na área da educação literária, mas nada substitui o exemplo daqueles que são mais próximos. Ler com seu filho, e incentivá-lo a gostar de livros, é fundamental para a formação da criança.   Imagine então poder ter, uma

Imagem_2.png

Agenda Literária - Outubro

por Monique Portela     Para outubro, uma coisa mais light para compensar o intensivo de grandes festivais literários curitibanos que tivemos em setembro. Confira nossa agenda cultural (e já programe o final de semana):   Amanhã - Bate-papo com Clarice Freire e Pedro Gabriel   Nesta quinta-feira (vulgo hoje), às 19h, os autores de "Pó de lua" e "Eu me chamo Antônio" estarão nas Livrarias Curitiba do Shopping Palladi

capa_filho_eterno.png

"O Filho Eterno", filme sobre livro de C

O FILHO ETERNO terá sua estreia mundial durante a Première Brasil do Festival do Rio 2016, que acontece entre os dias 6 e 16 de outubro. O filme concorre ao Troféu Redentor, na mostra competitiva de Ficção.   Baseado no premiado livro homônimo de Cristóvão Tezza, e produzido por Rodrigo Teixeira, a emocionante história do pai que precisa aceitar que o filho possui Síndrome de Down, chega aos cinemas em coprodução com a Globo F

capa_soma_rifas.png

Artistas paranaenses rifam obras a R$10

Numa tentativa de driblar a falta de incentivo financeiro que assola o museu do Solar do Barão em Curitiba, Eduardo Amato e Maya Weishof, criaram uma campanha com suas próprias obras para dar continuidade à oportunidade de expor em um espaço histórico, hoje mantido pela Fundação Cultural de Curitiba.    Artistas emergentes da cena curitibana, eles não querem deixar que barreiras burocráticas se interponham à realização da mostra.

CAPA_paola.png

ENTREVISTA POWER PAOLA

por Lizi Sue   Paola Gaviria, cartunista latinoamericana conhecida como Power Paola, nasceu no Equador e foi criada na Colômbia, hoje transita pelo mundo preenchendo cadernos onde conta suas histórias por meio de seu traço sensível e preciso. Aproveitamos sua passagem pela Bienal de quadrinhos de Curitiba para fazer algumas perguntas sobre seu trabalho e o universo dos quadrinhos.   Vai fazer quase um ano que seu primeiro li

newsletter >
Scroll to top