O futuro da literatura paranaense

Untitled_design_12.png

Chegou a Curitiba, neste mês de março, o Livro dos Novos II (Travessa dos Editores, 2015). Quase dois anos depois da primeira edição – também chamada Livro dos Novos (Travessa dos Editores, 2013) –, a escritora e jornalista Adriana Sydor volta a organizar uma coletânea literária bastante irregular, mas muito interessante de novos contistas paranaenses (ou radicados no estado).

 

Já no primeiro Livro dos Novos, lançado em dezembro de 2013, o objetivo da Travessa dos Editores foi abrir espaço para escritores ainda sem reconhecimento de público e crítica; uma espécie de aposta futura ou tentativa de adivinhar – e, mais precisamente, antever – os rumos da literatura produzida no Paraná. Algo que poderia ser descrito como a busca por novas perspectivas, múltiplas vozes, diferentes discursos.

 

Sintonizados com o presente, os 16 autores da primeira edição da coletânea tinham, na época do lançamento, entre 20 e 30 anos de idade – faixa etária emblemática, já que marca o fim de uma primeira fase juvenil e a aproximação com a maturidade. “Eles são os novos guerrilheiros da irrealidade cotidiana, as narrativas aqui reunidas atestam isso. Já sabem denunciar, com raiva ou afeto, os males individuais e sociais, os muitos níveis da estupidez humana”, resumiu o ficcionista Luiz Bras, no prefácio do livro.

 

 

Apesar dos diferentes estilos, os 16 contos acabaram por tornar-se muito parecidos: mesmo sem unidade temática, são permeados por sentimentos, olhares e reflexões de uma geração tomada pela angústia e por certo realismo desacreditado. As misérias humanas, as derrocadas morais e as dificuldades cotidianas são temas recorrentes – assuntos escolhidos para traduzir um pessimismo melancólico, a necessidade de falar sobre outras realidades ou até mesmo uma desilusão por assuntos relevantes. 

 

Fizeram parte deste primeiro recorte geográfico-temporal os contistas Ana Figueiredo (curitibana, 20 anos), Arthur Tertuliano (recifense radicado em Curitiba, 26 anos), Celso Alves (de Ponta Grossa, 24 anos), Cristiano Castilho (curitibano, 29 anos),Daniel Zanella (também de Curitiba, 28 anos), Dédallo Neves (curitibano, 20 anos), Felipe Franco Munhoz (paulista, formado pela UFPR, 23 anos), Felipe Kryminice (de Paranaguá, 23 anos), Francine Portírio (curitibana, 25 anos), Guylherme Custódio (de Curitiba, 26 anos), Marco Antonio Santos (curitibano filho de sergipanos, 24 anos), Mellissa R. Pitta (curitibana, 21 anos), Renan Machado (de Ponta Grossa, 20 anos), Rodrigo Araújo (de Colombo, 30 anos), Walter Bach (de Canoinhas, radicado em Curitiba, 25 anos) e Yuri Al’Hanati (de Praia Brava, 25 anos).

 

Já o Livro dos Novos II traz contos de outros 16 novos e inéditos escritores.

 

 

 

  Livro dos Novos

  Organizador: Adriana Sydor

  Editora: Travessa dos Editores

  Lançamento: 2013

  Páginas: 136

  Preço: R$ 30

 

 

newsletter >
Scroll to top