Cinéfila em série!


Pois é, eu sei que dei uma sumida nessas últimas semanas, deixando de escanteio as estreias do mês e as exibições dos clássicos, promovidas pela rede Cinemark.

 

Felizmente, a culpa dessa minha pausa não é só da Copa. Ocorre que nesse tempo em que passei longe das produções cinematográficas, entre as emoções da prorrogação e o sufoco dos pênaltis – é claro que também torci – acabei descobrindo um novo mundo: o das séries.

 

Sim, sou mais uma dentre tantos que se deixa levar pelos 30 minutos de cada episódio e acaba por fechar duas temporadas inteiras em um único fim de semana. Sou daquelas que se revolta com um final mal desenhado como o de “Dexter”, mas que amou a despedida de “How I Met Your Mother”. Ainda sou daquelas que se desespera a cada morte em “Game of Thrones” e que anseia pela 3ª temporada de “House of Cards”.

 

Querem me julgar por essa falta de vida, fiquem a vontade, me julguem! Mas o fato é que o crescimento desse mercado de séries é tão expressivo que hoje podemos assistir atores de renome migrando das telonas para as telinhas – Matthew McCounaghey, Kevin Spacy e Maggie Smith são alguns exemplos.

 

Além disso, grandes estúdios estão despendendo maior orçamento para produzirem as tramas televisivas com mais qualidade, pois se um milhão de dólares era muito para cada personagem de “Friends” nos anos 90, hoje esse valor não é o bastante para um dia de filmagem de “The Pacific” que bate a casa dos 270 milhões a cada temporada. 

 

Mais ou menos nesse sentido, neste texto, gostaria de dividir minhas recentes descobertas neste mundo maravilhoso dos seriados, apresentando dois títulos que tem tudo a ver com cinema: “Bates Motel” e “Hannibal” –  duas tramas baseadas em grandes sucessos das telonas.

 

Even More Cinema Séries

 

A primeira, com personagens retirados de “Psicose”, mostra o dia a dia de Norman Bates e sua mãe, quando estes acabam de se mudar para o famoso motel na pequena cidade de Oregon. Os eventos tratados aqui são anteriores aquele retratado no filme de Alfred Hitchcock. Contudo, além de se preocupar em manter o suspense do saudoso diretor, “Bates Motel” ainda tem o objetivo de mostrar a relação dos protagonistas como uma forma de justificar aquilo que a obra cinematográfica descreve deles.

 

E, aqueles que não curtem os filmes clássicos e que não conhecem “Psicose” ou as obras de Hitchcock, não se desesperem; ainda vale a pena dar uma averiguada. Afinal, mesmo pretendendo justificar o comportamento dos personagens, o enredo de “Bates Motel” é construído de maneira totalmente desconexa do filme, de forma que tudo é novidade até para aquele que assistiu o longa e conhece os protagonistas.

 

Even More Cinema Séries

 

Ademais, a série, que já está na 2ª temporada, transmitida no canal Universal – e que é muito bem produzida, conta com um elenco de peso:  Freddie Highmore, de “O som do coração”, interpreta Norman Bates, enquanto que Vera Farmiga, de “A invocação do Mal” vive Norma Louise Bates. Simplesmente sensacional.

 

Já o segundo título – Hannibal – como o próprio nome diz, adapta a trilogia protagonizada por Anthony Hopkins, a qual inclui “O silêncio dos inocentes”, “Hannibal” e “Dragão Vermelho”.

 

Even More Cinema Séries

 

Aqui o espetacular psiquiatra é vivido por Mads Mikkelsen – o vilão de 007 Casino Royale – e a cada episódio auxilia o agente do FBI a desvendar a mente de um serial killer. Ocorre que, com o passar do tempo, Dr. Lecter estreita sua relação com o agente, de forma a desenrolar novos fatos na investigação. Ou seja, aqui há um roteiro que não tem erro, nos prende sem muito esforço!

 

Even More Cinema Séries

 

Porém, infelizmente, não li as obras e ainda engatinho nesse seriado que também já conta com sua 2ª temporada, transmitida no canal AXN. Assim, paro por aqui os comentários, mas sem antes recomendar o programa que possui uma trilha sonora para lá de eletrizante!

 

Previous Para ser só sorrisos
Next A malhação de fotografar casamentos

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *